Alzheimer: Uma dor Espiritual? Seria o mal de Alzheimer um mal da alma?

herdados.
É possível que em breve tenhamos jovens com Alzheimer?
Se tudo está mais precoce, o que impede de doenças com possibilidade de surgirem lá pelos 65 anos de idade apareçam lá pela casa dos 50 ou até menos?
Gatilhos que costumam desencadear o processo das pessoas portadoras de Alzheimer, que em minha experiência tenho observado, algumas características se repetem:
"Se eu sou uma pessoa que apresenta a doença de Alzheimer, necessariamente, significa que toda a minha vida eu tenho exigido fazer algo que eu realmente nunca gostei de fazer. Isso significa que durante toda a minha vida eu vivi assaltado por alguém e que eu procuro separar-me disso com urgência. Simultaneamente a isso, estou vivendo um conflito de separação de alguém que amo muito ». Como a história de uma mulher cujo marido a obriga a deixar a sua aldeia, a força a ter filhos e a abandoná-los e, em seguida, a espanca. Ou ainda um homem que perdeu o pai aos poucos anos de idade.  A consequência de tudo isso é ... Bingo! Alzheimer.
Todos estes exemplos explicam, o porquê do quer voltar no passado, antes do trauma vivido...não para mudar ou relembrar o trauma psicólogico vivido, mas sim os bons momentos vividos antes do choc.
Louise L. Hay nos diz que a causa da doença de Alzheimer é "recusar-se a enfrentar a vida, o desespero, o desamparo e a raiva".
E aqui fica a célebre frase de vários doentes de Alzheimer:
“Quero voltar para minha casa.”