AS CONSEQUÊNCIAS ESPIRITUAIS E FÍSICAS DO ABORTO!

feminina.
Paralelamente, a ação do magnetismo mental do espírito expulso passará gradativamente a exacerbar a situação depressiva materna.
Aquele que reencarnaria como o seu rebento estava sendo encaminhado para um processo de reconciliação afetiva. O véu do esquecimento do passado é que possibilitaria a reaproximação de ambos sob o mesmo teto. Com o aborto provocado, à medida que o espírito recobra a consciência, passa, nesses casos, a emitir vibrações que, pelo desagrado profundo, agirão de forma nociva na psicosfera materna. Ele estabelece o vínculo simbiótico, pela culpa que da mãe (mesmo que você não tenha consciencia) e pelo sentimento de rejeição sofrida pelo espírito, mergulhando a mãe nos tristes caminhos da psicopatologia. Levando-a ao fracasso, à doença e por vezes mesmo ao suídicio.
A terapia da hipnosistémica, além da médica, reconduzirá todos os envolvidos ao equilíbrio.